Monchique, no Algarve, apresenta hoje um risco elevado de incêndio

0

IncendiosO concelho de Monchique, no Algarve, apresenta hoje um risco elevado de incêndio e outros 30 concelhos do país registam risco moderado de fogos, avança o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponibilizada na página de internet do IPMA, Monchique é o concelho que apresenta maior ameaça de incêndio, mas em outros quatro concelhos do Algarve – Aljezur, Vila do Bispo, Portimão e Lagos — há também um risco moderado.

O risco elevado de incêndio é o terceiro mais grave numa escala de cinco, que varia entre os níveis reduzido e máximo.

No nível moderado, encontram-se igualmente 26 concelhos do interior norte do país, entre Sabugal e Freixo de Espada a Cinta, passando por Casto Daire e Arouca.

O cálculo do risco de incêndio é feito com base nos valores, observados às 13:00 de cada dia, da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) registou na segunda-feira 23 incêndios, que foram combatidos por 146 bombeiros e apoiados por 43 veículos.

O IPMA prevê para hoje céu geralmente muito nublado, tornando-se muito nublado ou encoberto no litoral a norte do Cabo Carvoeiro no final do dia e chuva no Minho e Douro Litoral.

O vento estará, em geral, fraco e prevê-se uma pequena descida da temperatura mínima na região Centro.

Em Lisboa, o céu estará muito nebulado e poderão ocorrer aguaceiros fracos, enquanto no Porto, o céu estará geralmente muito nublado, tornando-se muito nublado ou encoberto para o final do dia, podendo chover nessa altura.

Quanto às temperaturas, Faro terá uma máxima de 20 graus celsius e uma mínima de 11º, enquanto Lisboa terá 19º de máxima e o Porto 17º. Nestas duas cidades, a temperatura mínima deverá rondar os 10 graus.

FONTE – Lusa/SOL

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.