Ministros reúnem-se para avaliar época de incêndios

1

Miguel MacedoMiguel Macedo colocou mais 200 militares a patrulhar as florestas. Paula Teixeira da Cruz afectou mais inspectores da Judiciária às investigações.

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, e ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, vão reunir-se na sexta-feira para avaliarem a forma como tem corrido a época de incêndios.

Além de Miguel Macedo e Paula Teixeira da Cruz, na reunião vão participar também o presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil, major-general Manuel Mateus Couto, o director nacional Polícia Judiciária, Almeida Rodrigues, o tenente-general da GNR, Newton Parreira, e o director nacional da PSP, Paulo Gomes.

Os dois Ministérios intensificaram nos últimos dias o trabalho de vigilância nas florestas e de investigação à suspeita de fogo posto.

A Administração Interna colocou mais 200 militares a patrulhar as florestas. No caso da Justiça, há desde o início de Agosto mais inspectores da Judiciária afectos a estas investigações.

FONTE: RR

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

  • Nuno Santos

    Quem devia morrer era alguns políticos portugueses, nem possuem consideração por estes soldados da paz que lutam com falta de meios e de respeito dessa classe corrupta do País. Até hoje não vi Portugal a colocar a Bandeira Nacional a meia haste por consideração, respeito e dignidade por estes soldados da paz. que perderam a vida em prol do País, pessoas e bens. Portugal está de Luto, está negro no terreno e principalmente no mundo dos Bombeiros Portugueses. No 10 de Junho dão-se condecorações, medalhas o louvores a quem pouco ou nada faz em prol dos outros. Reparem nunca vi no 10 de Junho bombeiros, policias, sociedade civil na pessoa do anónimo a receber qualquer elogio do Estado Português. Tenho a honra de amar Portugal mas tenho vergonha dos políticos portugueses que temos tido nos ultimos 40 anos de vida que tenho.