Ministro Miguel Macedo demite-se

1

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, vai fazer uma declaração ao país, às 19.30 horas, onde deve apresentar a sua demissão. A imprensa está a dar como certo que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, já terá aceitado o pedido.

Miguel MacedoA declaração surge três dias depois de, na quinta-feira, a Polícia Judiciária ter detido 11 pessoas suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influência e peculato, relacionados com a atribuição de vistos ‘gold’.

Nesta operação foi detido o diretor nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Manuel Jarmela Palos, a secretária-geral do Ministério da Justiça (MJ), Maria Antónia Anes, e o presidente do Instituto dos Registos e Notariado, António Figueiredo, de acordo com fontes do SEF e do Ministério da Justiça.

No âmbito da chamada “Operação Labirinto”, até ao momento, foram ouvidos seis dos 11 detidos, pelo juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal, entre as quais o diretor do SEF, dois funcionários do IRN e três cidadãos chineses, estando a decorrer a audição de em empresário português, segundo próximas do processo.

O diretor do SEF, que abriu a sequência de inquirições, no sábado, foi acusado de dois crimes de corrupção passiva, disse à agência Lusa o seu advogado.

As medidas de coação só deverão ser decididas quando terminada a audição dos 11 detidos.

Fonte: jn.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.