Ministério das Finanças e MAI autorizam pagamento em atraso a bombeiros de combate a incêndios

0

Verba autorizada é superior a quatro milhões de euros.

O Ministério das Finanças e Ministério da Administração Interna autorizaram uma verba de 4.107.960 euros para o pagamento em atraso dos bombeiros de combate a incêndios.

A transferência, informa o comunicado enviado pelo MAI, decorrerá ao longo da semana.

De referir que o Correio da Manhã noticiou esta manhã a falta de pagamento deste valor ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios (DECIR) de junho. A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) justificava a falta de pagamento “em tempo útil” com a Covid-19.

O Ministério da Administração Interna tinha garantido este domingo que iria liquidar o valor “o mais depressa possível”.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt