Marcelo Rebelo de Sousa pede contenção verbal a Governo e Bombeiros

0

(Foto: ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Presidente da República pede a todos os intervenientes que evitem “afirmações públicas que tornem depois mais difícil o diálogo”.

O Presidente da República apelou hoje, a propósito do conflito entre Liga dos Bombeiros e Governo, para que todos os intervenientes evitem afirmações públicas que dificultem o diálogo neste “domínio muito sensível” da Proteção Civil.

Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição ouvido pela agência Lusa sobre o anúncio feito pelo presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, de abandono da estrutura de Proteção Civil e a posterior troca de palavras com o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Neste contexto, o chefe de Estado apelou “a todos os intervenientes no sentido de evitarem afirmações públicas que tornem depois mais difícil o diálogo e o entendimento num domínio muito sensível para os portugueses como é o da Proteção Civil e, mais em geral, o da sua segurança”.

(Fonte: SIC)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).