Mantidos 218 operacionais para rescaldo em Monchique

0

monchiqueChamas consumiram mato e eucaliptos.
As autoridades mantinham esta sexta-feira às 12h00 um total de 218 operacionais no perímetro do incêndio que durante cerca de quinze horas consumiu uma zona de mato e eucaliptos em Monchique, disse à Lusa fonte da Proteção Civil. O incêndio deflagrou na quinta-feira cerca das 12h30, na localidade de Tojeiro, e foi dominado durante a madrugada, às 03h20, estando a proceder-se à conclusão da consolidação da área atingida pelas chamas, com a abertura de uma faixa de segurança ao longo de todo o perímetro, disse o comandante das operações de socorro. Segundo Richard Marques, hoje à tarde iniciam-se as operações de vigilância ativa, prevendo-se que grande parte do dispositivo desmobilize ao final da tarde, embora a avaliação dos meios a manter no local só seja feita às 18h00, quando termina o período crítico de reativação do incêndio. De acordo com aquele responsável, a situação meteorológica de hoje é semelhante à de quinta-feira, com pouco vento, o fator que mais contribui para a propagação de incêndios, mas ainda “existe muito combustível para arder” e o combustível junto ao perímetro do fogo sofreu um pré-aquecimento, o que justifica “cuidado redobrado”.

Fonte: Correio da Manha




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.