Mais de 400 bombeiros combatem três fogos nos distritos de Viseu e Guarda

0

DSCN0347Três incêndios estavam activos na manhã desta segunda-feira, dois no distrito de Viseu e um outro no da Guarda, mobilizando no terreno mais de 400 bombeiros. As chamas lavram desde a tarde de domingo, dia marcado pela destruição de quatro carros de bombeiros durante o combate a fogos nas localidades de Carvoeira e de Sanguinho.

Durante esta madrugada foram dados como dominados os fogos que tiveram início também este domingo em Quintã/Lufrei, no concelho de Amarante, distrito do Porto, e em Vila Longa, no concelho de Sátão (Viseu).

No incêndio em Sátão, uma mulher sofreu queimaduras graves, tendo sido transportada para o hospital de Viseu, confirmou à Lusa o Centro Distrital de Operações de Socorro. No mesmo concelho, uma bombeira recebeu assistência hospitalar depois de sofrer uma intoxicação por inalação de fumo durante o combate às chamas ao incêndio que se alastrou a Aguiar da Beira.

O site da Autoridade Nacional e Protecção Civil avança que esta manhã as chamas estão ainda activas em duas localidades do distrito de Viseu. Pelo menos 155 bombeiros tentam dominar um incêndio com duas frentes activas que deflagrou pelas 18h40 em Pinheiros, concelho de Tabuaço, e que consome uma zona de mato. A apoiar as operações estão 42 viaturas.

Ainda no distrito de Viseu, a Protecção Civil confirma que 126 bombeiros, apoiados por 16 viaturas, tentam dominar um fogo que teve início numa zona de floresta pelas 13h20 de domingo, em Macieira, concelho de São Pedro do Sul. Este fogo lavra com uma frente activa numa zona de difícil acesso, um dos principais obstáculos para os bombeiros.

No distrito da Guarda, 125 homens tentam dominar um fogo numa zona de mato na localidade de Esporões, concelho de Trancoso. Com a ajuda de 33 veículos, os bombeiros tentam desde as 14h55 de ontem dominar as chamas que passaram a lavrar com três frentes activas pelas 04h50 desta segunda-feira.

Em nenhum dos três incêndios activos esta manhã há indicação de perigo para as populações.

Estes fogos tiveram início no mesmo dia em que se registou a destruição de quatro veículos dos bombeiros. Durante o combate às chamas na localidade de Carvoeira, Penacova, dois carros de Penacova e outro de Vila Nova de Poiares arderam depois dos bombeiros terem ficado rodeados pelas chamas.

Duas horas depois destes casos, perto da localidade de Sanguinho, que chegou a estar cercada pelo fogo, houve outro carro de bombeiros da corporação de Brasfemes que ardeu.

No domingo, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou 269 incêndios, que foram combatidos por 6.181 bombeiros, apoiados por 1619 veículos.

Risco máximo de incêndio em 26 concelhos
Para esta segunda-feira, prevê-se uma descida da temperatura mas os termómetros vão manter-se acima dos 30 graus Celsius. Segundo previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), são esperados 31 graus em Lisboa, Coimbra  e Guarda, 32 em Braga, 34 em Portalegre, 35 em Viseu e 36 em Bragança, Vila Real, Évora e Beja.

Devido a estas temperaturas, o IPMA indica que 26 concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Leiria, Guarda, Viseu, Coimbra, Aveiro e Porto apresentam esta segunda-feira risco máximo de incêndio.

O instituto informa ainda que todo o país, com excepção do Porto, Aveiro, Angra do Heroísmo e Horta, apresenta risco extremo ou muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV).

O IPMA aconselha que se evite a exposição ao sol, prinicplamente crianças e idosos e recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protector solar.

Acompanhe o trabalho especial do PÚBLICO sobre incêndios e florestas e consulte as previsões do site de meteorologia do PÚBLICO.

FONTE: Publico.pt

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.