MAI anuncia criação de 58 novas equipas de intervenção nos bombeiros voluntários

0

O ministro da Administração Interna anunciou hoje que vão ser constituídas 58 novas Equipas de Intervenção Permanente (EIP) nas corporações de bombeiros voluntários.

“Fechou-se, quer com a Associação Nacional de Municípios, quer com a Liga dos Bombeiros Portugueses, o processo de constituição de mais 58 novas equipas profissionais nos bombeiros”, disse Eduardo Cabrita aos deputados da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Para o ministro, a criação destas novas equipas “é muito importante” e significa que, desde 2017, foram constituídas mais de 60% de todas as EIP existentes nos bombeiros voluntários.

Criadas em 2001, as Equipas de Intervenção Permanente são constituídas por cinco elementos que estão em permanência nos quartéis de bombeiros para ocorrer a qualquer situação de urgência e emergência registada no concelho.

O governante sublinhou que atualmente todas as corporações de bombeiros voluntários têm equipas profissionais, estando agora a dar-se “prioridade às segundas equipas em áreas de maior risco”.

Eduardo Cabrita disse ainda que, até ao final de abril, ficará concluída a Diretiva Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) de 2021.

O ministro revelou que este ano vai também existir uma diretiva de vigilância, que estará concluída até ao final do mês.

Por sua vez, a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, avançou aos deputados que o DECIR deste ano terá um aumento de mais 231 operacionais (2%) em relação a 2020, nomeadamente nos sapadores florestais e corpos de bombeiros voluntários com as novas equipas.

(Fonte: Lusa)

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).