Madeira: Formar para a segurança

0

O projecto de sensibilizar as escolas e os pais, professores, funcionários e alunos para as questões de segurança na escola, nos espaços públicos e na própria casa, tanto na temática da segurança contra incêndios, como na de riscos naturais, tem mais duas acções previstas para o mês de Outubro.

Duas delas realizam-se hoje (22 de Outubro), em Santa Cruz, mais precisamente no Infantário “A Quinta”, (pelas 11 horas) e na Escola Básica 1 – PE das Figueirinhas, (pelas 13 horas).

A última acção prevista para o mês de Outubro está agendada para o dia 30, dia em que haverá este tipo de formação em quatro estabelecimentos de ensino de Câmara de Lobos.

Assim, de acordo com o calendário de acções publicado no site do Serviço Regional de Protecção Civil (SRPC, IP-RAM), às 9h30 será dada formação no Jardim de Infância “O Pião”, às 10h15 será a vez do CAO de Câmara de Lobos; às 11h00,  no Centro Social e Paroquial de Santa Cecília e às 13h30, na Escola Básica 1 – PE de Câmara de Lobos.

Ficam, assim, completas as acções previstas no âmbito deste projecto, para o mês de Outubro.

Recorde-se que todas estas acções de sensibilização são realizadas no âmbito do Projecto de Parceria do Serviço Regional de Protecção Civil (SRPC, IP-RAM) com a Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos (SRERH) e Associação Insular de Geografia.

Nesse contexto, foram agendadas acções de sensibilização em vários estabelecimentos de ensino básico e pré-escolar da Região.

Só no mês de Outubro, já foram realizadas acções deste tipo em Santa Cruz e Funchal.

A do Funchal decorreu no dia 10, com uma intervenção no Serviço Técnico Socioeducativo de Apoio à Deficiência Profunda, em São Roque.

Em Santa Cruz, foram abrangidas as Escolas Básicas 1 – PE da Assomada e do Caniço, bem como o Infantário Estrelinhas do VIP.

 

Fonte: Jornal da Madeira por Anete Marques Joaquim

 

About author

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.