Madeira: Fogo nas Carreiras causou preocupação

0

Fogo Carreiras MadeiraTrinta e três bombeiros de três corporações estiveram ontem envolvidos no combate a um incêndio em área florestal na zona das Carreiras, na Camacha. Ao final do dia o fogo continuava a lavrar entre as Carreiras e o Rochão, mas já se encontrava aparentemente controlado, confirmou fonte dos bombeiros.

No terreno estavam igualmente elementos da Polícia Florestal, bem como da PSP que fechou os acessos aos locais afectados pelo fogo para facilitar as operações dos bombeiros. De sublinhar que os trabalhos de combate ao fogo foram acompanhados de perto pelo vereador Jorge Baptista, candidato social-democrata à presidência da Câmara Municipal de Santa Cruz.

O fogo foi combatido ao longo do dia pelos Bombeiros Municipais de Santa Cruz, com 15 elementos e seis viaturas (três auto-tanques, o auto-comando, um auto-apoio e uma viatura de primeira intervenção do destacamento da Camacha), tendo a forte colaboração das duas corporações do Funchal. Neste caso, os “Municipais do Funchal” disponibilizaram 12 elementos e quatro viaturas (um pronto-socorro pesado e dois auto-tanques, um de 22 mil litros e outro de 12, e um pronto-socorro ligeiro), sendo que os Bombeiros Voluntários Madeirenses avançaram para o local com seis elementos e duas viaturas (pronto socorro pesado florestal e auto-tanque pesado).

O incêndio de razoáveis dimensões verificou-se em zonas de difícil acesso, abaixo do Abrigo do Pastor, junto às antenas de comunicação, chegando a ameaçar inicialmente algumas casas e um aviário. A ausência de vento naquele local chegou a favorecer o combate ao fogo, ao contrário das elevadas temperaturas já previstas para estes dias e que contribuíam para a propagação rápida das chamas.

Fonte: Jornal da Madeira

Sobre o autor

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.