Madeira: Estatuto dos bombeiros divide opiniões

0

550Rafaela Fernandes discorda da dimensão do quartel do Porto Santo

A criação de uma corporação única regional, ou a existência de dois ou três quartéis na Região, bem como a criação de bombeiros sapadores, foram assuntos levantados durante as perguntas a Rafaela Fernandes (PSD) sobre uma intervenção feita na sessão plenária de ontem.

A deputada do PSD lembrou que a criação de uma única corporação não é consensual, mas admite alterações ao modelo actual. Por outro lado, lembra que a passagem a bombeiros sapadores tem exigências, como o 12º ano, que podem criar problemas.

Rafaela Fernandes também discorda da opção do Governo Regional para o quartel do Porto Santo, embora respeite essa decisão que resultou do pedido da população.

Durante as perguntas, foram recordadas afirmações de Alberto João Jardim que chegou a dizer que havia bombeiros a mais e até levantou suspeitas sobre a responsabilidade nos incêndios.

(Fonte: DNotícias.pt)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).