Liga dos Bombeiros Portugueses: o Governo deve empenhar-se e deixar de olhar para as estatísticas

0

bombeiros1_incendio_d112594d1c8_400x225A Liga dos Bombeiros Portugueses reuniu-se este sábado nas Caldas da Rainha para analisar o combate aos fogos no verão passado, e no final deixou o recado ao Governo de que não faz sentido olhar apenas para as estatísticas, sobretudo tendo em conta as circunstâncias das mortes de bombeiros.

Deste encontro sai também a exigência de mais apoios para veículos danificados ou perdidos nos incêndios e de que o combustível seja pago a preço de mercado. Os bombeiros pedem ainda que sejam criadas unidades móveis para apoio a alimentação. Outra exigência é que seja reconhecida aos bombeiros a competência para realizarem contrafogos.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses revelou ainda o que pretende dizer no encontro da próxima terça-feira à ministra Assunção Cristas. Jaime Marta Soares afirmou que vai pedir ação para evitar fogos florestais no próximo ano.

Marta Soares considerou que “neste tempo em que as pessoas estão mais calmas” os gabinetes ministeriais devem empenhar-se e preparar infraestruturas, planos de intervenção e de ordenamento da floresta “para que todos os anos não se repita este flagelo”.

(Fonte: RTP)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).