LeYa colabora com o INEM na divulgação da correta utilização do Número Europeu de Emergência – 112

0

home_03_1279524561_1A LeYa vai colaborar com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) na divulgação da correta utilização do Número Europeu de Emergência – 112. Durante o mês de dezembro, as livrarias da LeYa em território de Portugal continental vão distribuir onze mil marcadores de livros com uma mensagem sobre a melhor forma de utilizar o 112, designadamente que informações deve prestar em caso de emergência médica.

“Em caso de acidente ou doença súbita ligue 112!”. Esta é uma mensagem que o INEM recorda frequentemente aos cidadãos, reforçando que a colaboração de quem liga é fundamental, pois é muito importante facultar toda a informação que seja solicitada, para permitir um rápido e eficaz socorro às vítimas.
A LeYa associa-se ao INEM na divulgação da correta utilização deste número que pode salvar vidas. Durante o mês de dezembro de 2013, 10 livrarias da LeYa em território continental (7 livrarias próprias e três livrarias associadas) vão entregar, conjuntamente com cada livro vendido, um marcador de livros com as informações que devem ser prestadas quando se recorre ao auxílio do número 112.
A LeYa considera que esta iniciativa se reveste de uma grande importância para o público, pois contribui para um aumento do conhecimento numa área que pode vir a revelar-se necessária a qualquer cidadão. Deste modo, esta colaboração com o INEM insere-se no âmbito da política de responsabilidade social da LeYa, tendo sido acolhida com satisfação.
Já para o INEM, esta parceria com a LeYa será um importante recurso para fazer chegar aos cidadãos uma mensagem que tem de ser constantemente recordada. Certamente que esta ação de sensibilização vai traduzir-se em mais vidas salvas no futuro, louvando-se a disponibilidade e entusiasmo da LeYa no acolhimento do desafio que lhe foi lançado pelo INEM.
Recordamos que o 112 é o Número Europeu de Emergência, sendo comum, para além da saúde, a outras situações tais como incêndios, assaltos ou roubos, etc. As chamadas efectuadas para o 112 são atendidas, em primeira linha, por uma Central de Emergência da Polícia de Segurança Pública que apenas canaliza para os Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM as chamadas que à saúde digam respeito. A chamada é gratuita e está acessível de qualquer ponto do país a qualquer hora do dia.
Presente em Portugal, no Brasil, em Angola e em Moçambique, a LeYa é um grupo editorial no qual se integram algumas das mais prestigiadas editoras de língua portuguesa, atuando nas áreas de edições gerais e de Educação.
O INEM é o organismo do Ministério da Saúde responsável por coordenar o funcionamento, no território de Portugal Continental, de um Sistema Integrado de Emergência Médica, de forma a garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita a pronta e correta prestação de cuidados de saúde.
A prestação de socorros no local da ocorrência, o transporte assistido das vítimas para o hospital adequado e a articulação entre os vários intervenientes do Sistema, são as principais tarefas do INEM. Através do número europeu de emergência – 112, este Instituto dispõe de múltiplos meios para responder a situações de emergência médica.

(Fonte: Rostos.pt)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).