Jaime Marta Soares exige “pedido de desculpas públicas” a presidente da Federação de Bombeiros de Portalegre

0

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), Jaime Marta Soares, desmente categoricamente que tenha afirmado que a instituição pondera limitar a saída das corporações para combate a incêndios, longe da sua área de atuação.

A informação foi avançada, quarta-feira, pelo Jornal de Noticias, que acrescenta que “a LBP avisa que as corporações não conseguem suportar custos de deslocações muito grandes”.

Em declarações à Rádio Portalegre, Marta Soares disse que o que o que está em causa é exatamente o contrário, ou seja, “a LBP está a negociar com a Autoridade Nacional de Proteção Civil, em nome dos bombeiros de Portugal, para que haja disponibilidade de mobilização”.

Jaime Marta Soares considera-se ainda “credor de desculpas públicas” por parte do Presidente da Federação de Bombeiros de Portalegre Francisco Louro, que o acusou de ter “má memória”, acrescentando que “a LBP não tem que ponderar nada, porque não é proprietária dos bombeiros”.

O presidente da LBP exige que o pedido de desculpas seja feito através da Rádio Portalegre, “porque se assim não for, não deixará de utilizar os meios legais para que haja um retratamento dessas acusações”.

Rádio Portalegre | Carla Aguiã/Gabriel Nunes




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.