Insólito: Mulher liga 377 vezes para tentar ‘seduzir’ bombeiros

0

bombeiros guarapuava brasilMulher de 41 anos de idade acabou detida e teve que assinar um termo circunstanciado – somente ontem ela ligou 377 vezes para um 193 pedindo para que um bombeiro “fosse até sua casa”

Uma mulher de 41 anos de idade acabou detida em Guarapuava, cidade na região dos Campos Gerais, após fazer 377 ligações ‘sensuais’ para o número 193. O caso foi aconteceu no dia 19, mas o amor ‘platónico’ da mulher pelos praças e oficiais do Corpo de Bombeiros da cidade é antigo – ela faz ligações deste tipo para a Central de Operações dos Bombeiros Militares (COBOM) desde 2002.

De acordo com o aspirante Motta, a mulher aparenta ter problemas mentais. “Ela liga diretamente para o COBOM pedindo para que um bombeiro vá até a casa dela. As conversas têm sempre conotação sensual”, contou o aspirante. Os bombeiros tentaram explicar à mulher que ela estava a atrapalhar o trabalho da corporação e a ocupar as linhas de telefone.

Diante da situação, a Polícia Militar foi chamada e rastreou o telemóvel usado pela mulher. Os PMs foram até à casa da mulher e encontraram o aparelho, que só na terça-feira (19) tinha realizado 377 ligações para o número 193. Ela foi detida e encaminhada para o Fórum da Cidade para assinar um Termo Circunstanciado – a mulher foi libertada logo em seguida.

(Fonte: A Rede-Brasil)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).