INEM manda reanimar morto há dois dias

0

rp_Thumbnail-250x1501-250x1501-250x150.jpgViatura Médica foi acionada e ordenou fim das manobras, que duravam há meia hora.

António Vieira era o único apoio do irmão. Operador do CODU insistiu que fosse feita a reanimação de Vítor.

Os Bombeiros de Vieira do Minho estiveram durante mais de 30 minutos, por indicação de um operador do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM, a tentar reanimar um homem que estaria morto há dois dias. As manobras só pararam por indicação do médico da VMER de Braga, que também foi mobilizada para o local. O caso, que está a indignar os bombeiros, será hoje participado ao Ministério Público. O CM tentou, sem sucesso, um esclarecimento por parte do INEM. O alerta caiu na central dos Bombeiros de Vieira do Minho às 11h09 de sexta-feira. António Vieira não via o irmão, Vítor, de 36 anos, há três dias. Encontrou-o morto na cama. Ligou para os bombeiros, que, já no local, se depararam com uma vítima sem sinais vitais . Contactado o CODU, o operador ordenou aos bombeiros que iniciassem manobras de reanimação. “É uma situação extremamente grave. Foi dito que a vítima estava fria, que apresentava sinais de estar cadáver há mais de 24 horas, e o operador não ouviu a equipa de socorro”, disse, indignado o comandante dos Bombeiros de Vieira do Minho. António Macedo participa hoje o caso ao MP de Vieira do Minho. “Podíamos estar perante um crime e o espaço nem sequer foi preservado”, atira.

Fonte: Correio da Manha – Por Fátima Vilaça, Secundino Cunha

 




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.