INEM: helicóptero fica em Macedo de Cavaleiros?

0

Helicóptero INEMLíderes distritais do PS e do PSD sublinham que discussão na Assembleia da República vai clarificar posição dos partidos
Os deputados do Partido Socialista de todo o País são a favor da manutenção do helicóptero do INEM em Macedo de Cavaleiros, incluindo os de Vila Real.
Quem o diz é o presidente da Federação Distrital do PS de Bragança. Jorge Gomes assegura que esta é uma orientação do partido a nível nacional.
“Os deputados do PS de Vila Real, Braga e de todo o lado defendem o helicóptero em Macedo de Cavaleiros. A não ser que a indicação do Secretário-geral já não sirva, porque José Seguro ao dizer que se for retirado o helicóptero será reposto em Macedo de Cavaleiros, é uma orientação a nível nacional”, garante o líder socialista.
Na óptica de Jorge Gomes, a discussão deste assunto na Assembleia da República (AR) clarifica a posição dos diferentes partidos. “Obriga quem está no poder a ter mais atenção à decisão que está para tomar”, frisa Jorge Gomes.

Alterar a decisão política

O presidente da Distrital do PSD também partilha da posição de que a discussão na AR vai pôr à prova os deputados. Ainda assim, José Silvano lembra que este órgão não tem poder para alterar a decisão do governo.
“A Assembleia não pode tomar nenhuma decisão política para que ele fique em Macedo. Mas, pode discuti-la politicamente para sabermos o que pensa cada um dos partidos”, constata José Silvano.
Os autarcas do distrito de Bragança vão agora reunir com o Ministério da Saúde. O objectivo é alterar a decisão política de deslocalizar o meio aéreo de emergência para Vila Real.

(Fonte: Jornal Nordeste)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).