INEM alvo de investigação por suspeitas de corrupção

0
Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Neste caso está a ser investigada a relação entre o responsável da logística do instituto e a empresa fornecedora de equipamentos.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) está a ser alvo de um inquérito-crime por parte do Ministério Público. Em causa está uma investigação com suspeitas de corrupção e participação económica num negócio que terá favorecido outra empresa, avança o Jornal de Notícias (JN).

O responsável do Gabinete de Logística e Operações do instituto, substituído no cargo há uma semana, Patrício Ramalho, estará ligado a uma empresa de transformação de veículos em ambulâncias, que é fornecedora do INEM.

A Procuradoria-Geral da República confirmou a existência do inquérito, que está a ser investigado pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judicial.

Os investigadores estão a apurar a relação entre Patrício Ramalho e a Futurvida, empresa que faz fornecimentos regulares ao INEM.

Desde 2012, esta empresa faturou ao instituto perto de 70 mil euros em material de consumo clínico, equipamento e prestação de serviços de reparação e conservação.

Ao que tudo indica, Patrício Ramalho terá Passado informações à Futurvida sobre preços que concorrentes apresentavam ao INEM, favorecendo a empresa em procedimentos contratuais.

Ao JN, Patrício Ramalho disse desconhecer a investigação, assim como a diretora da Futurvida.

A denúncia de alegadas irregularidades foi ainda comunicada ao presidente do INEM, Paulo Campos, suspenso desde 15 de outubro. “De imediato, mandei fazer uma auditoria externa à logística e à informática que decorreu entre finais de agosto e início de outubro. O relatório preliminar foi reencaminhado para o gabinete jurídico do INEM”, garantiu à mesma publicação.

Fonte: Noticias ao Minuto




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.