Incêndios Quercus alerta para ameaça ao maior sobreiral de Trás-os-Montes

0

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

A associação ambientalista Quercus alertou hoje que o incêndio dos Cortiços, em Macedo de Cavaleiros, pode ameaçar o maior sobreiral de Trás-os-Montes localizado nas proximidades daquela zona e integrado na Rede Natura 2000.

O fogo deflagrou à hora de almoço consumindo mato e floresta e, embora tenha sido dado como dominado por volta das 18:00, a Quercus entende que “existem riscos de reacendimento” e apela às autoridades para que mantenham os meios de vigilância ativos nos próximos dias.

Em comunicado, a associação ambientalista defende que existe uma “ameaça” ao Sítio de Importância Comunitário do Romeu, no concelho vizinho de Mirandela, que integra a Rede Natura 2000 e onde existe “o maior sobreiral de Trás-os-Montes”.

Segundo a associação, “o sobreiral associado a outros habitats e espécies raras como o zimbro são muito importantes para a conservação da floresta autóctone”.

A Quercus aponta que “têm ocorrido nos últimos anos diversos incêndios em sítios classificados ao abrigo da Rede Natura 2000, com graves prejuízos ambientais para estas áreas, sem que as autoridades competentes deem a atenção que estes merecem”.

Os ambientalistas consideram que “existe um desajustamento das medidas públicas de defesa da floresta contra incêndios, nomeadamente a falta de apoio ao investimento aos proprietários, o que contribui para a ausência de execução das ações de gestão da floresta, situação que favorece o risco de propagação dos incêndios no espaço rural e as lamentáveis ocorrências de danos em pessoas e bens”.

Apesar de estar dominado, o fogo de Cortiços continuava a mobilizar mais de 130 operacionais e mais de 40 veículos e um helicóptero, às 19:00, de acordo com informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Logo no início do combate, uma viatura da corporação de Miranda de Douro ardeu e quatro bombeiros ficaram feridos quando fugiam das chamas.

De acordo com a última atualização da informação, três bombeiros permanecem hospitalizados em Bragança e um quarto foi transferido para uma unidade de queimados do Porto.

Este incêndio continua a constar das ocorrências mais significativas na página oficial da Proteção Civil, assim como outro que deflagrou perto das 18:00 no concelho de Murça, distrito de Vila Real.

Desde as 00:00 de hoje foram registadas 45 ocorrências por todo o país.

NOTICIAS AO MINUTO




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.