Califórnia com incêndios que forçam retirada de milhares pessoas

0

Incêndio EUAMilhares de pessoas tiveram de fugir das suas casas no sul do Estado da Califórnia, Estados Unidos da América, devido a grandes incêndios, que também provocaram a retirada de pessoas de uma base militar e um parque de diversões.

Estes incêndios na Califórnia, que também provocaram o encerramento de uma importante autoestrada, começaram a época muito mais cedo que o habitual.

Perto de San Diego as autoridades pediram, na noite de terça-feira, a cerca de 20 mil pessoas que abandonassem as suas casas, mas os habitantes puderam regressar depois de os bombeiros terem conseguido conter as chamas.

Na quarta-feira começaram outros incêndios, um dos quais em Camp Pendleton, entre Los Angeles e San Diego, onde estão instalações militares, com armas e habitações, e uma escola, de onde foram retiradas várias pessoas.

Em Carlsbad, o fogo queimou casas, destruiu linhas de transporte de eletricidade e forçou a retirada de pessoas do parque Legoland. As autoridades quantificaram em mais de 11 mil os proprietários de casas que tiveram de ser retirados.

A Califórnia é afetada regularmente por violentos incêndios no verão e no outono, mas nos últimos anos fogos importantes começaram mais cedo do que a norma.

Este Estado, em particular a região de Los Angeles, enfrenta temperaturas superiores a 38 graus centígrados.

(Fonte: DN)

 

Entra na página do Facebook do Portal Bombeiros.pt (https://www.facebook.com/www.Bombeiros.pt), faz “Gosto” e conhece em primeira mão todas as notícias sobre os Bombeiros Portugueses!

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).