Incêndios diminuíram, área ardida aumentou 55%

0

A Autoridade Nacional de Protecção Civil faz hoje um balanço da época de incêndios florestais, num ano em que a área ardida aumentou 55 por cento e as ocorrências de fogo diminuíram cinco por cento.

O último relatório provisório de incêndios florestais do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indica que, entre 1 de Janeiro e 15 de Outubro, se registaram 20.969 ocorrências de fogo, menos 1.234 do que no mesmo período do ano passado, quando deflagraram 22.203.

Já a área ardida aumentou 55 por cento, tendo os 20.969 incêndios consumido 105.016 hectares de floresta, enquanto em 2011 arderam 67.594 hectares, segundo os dados provisórios.

O documento sublinha que o maior fogo de 2012 teve início a 18 de Julho, no distrito de Faro, e afectou 21.437 hectares de espaços florestais, cerca de 20 por cento da área florestal ardida este ano.

Outros fogos com mais área florestal ardida ocorreram no início do mês de Setembro e deflagraram nos concelhos de Ourém (4.130 hectares), Seia (2.480) e Viseu (2.000).

O ICNF refere também que deflagraram, até 15 de Outubro, 133 grandes incêndios (aqueles em que a área afectada é igual ou superior a 100 hectares), correspondendo a 70 por cento da área ardida.

De acordo com os dados provisórios, o maior número de ocorrências verificou-se este ano no distrito do Porto, com 4.794 registos, enquanto o distrito de Faro é o que apresenta maior área ardida (22.181 hectares), sendo que 97 por cento resulta do incêndio de Tavira.

Os incêndios florestais consumiram ainda, nos distritos de Viseu e Bragança, 11.880 e 13.406 hectares de floresta, respectivamente.

O relatório salienta que Portugal Continental esteve, em grande parte do período de Janeiro a Abril, em situação de seca, o que contribuiu, em parte, para os elevados valores do número de ocorrências e área ardida, registados nesses meses.

No entanto, foi no mês de Setembro que se registou o maior número de ocorrências e de área ardida.

O balanço do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais vai ser feito em Lisboa, numa cerimónia que vai contar com a presença dos ministros da Administração Interna, Miguel Macedo, e da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas.

FONTE: SOL

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.