Incêndios por controlar em Mação, Sertã, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão

0

50 bombeiros espanhóis são esperados esta quarta-feira na zona centro para ajudar no combate aos fogos que continuam fora de controlo. Vão juntar-se a outros 116 que já estão no terreno.

Por dominar continuam os fogos em Mação, Sertã, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão. Em Mação, distrito de Santarém, o fogo tem duas frentes ativas, numa área muito extensa.

O vice-presidente da câmara de Mação fala num caos total, um pandemónio provocado pelo incêndio. António Louro diz mesmo que este é o pior cenário desde que as chamas chegaram a Mação, há dois dias.

As chamas estendem-se ao concelho de Proença-a-Nova, onde o presidente da câmara João Lobo, espera controlar o perímetro que atinge uma vasta área.

Por dominar continuam os fogos em Mação, Sertã, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão. Em Mação, distrito de Santarém, o fogo tem duas frentes ativas, numa área muito extensa.

O vice-presidente da câmara de Mação fala num caos total, um pandemónio provocado pelo incêndio. António Louro diz mesmo que este é o pior cenário desde que as chamas chegaram a Mação, há dois dias.

As chamas estendem-se ao concelho de Proença-a-Nova, onde o presidente da câmara João Lobo, espera controlar o perímetro que atinge uma vasta área.

Na terça-feira à noite, Marcelo Rebelo de Sousa esteve no posto de comando, em Mação, no centro da vila. O Presidente da República elogiou o trabalho dos bombeiros e pediu à população que perceba as dificuldades no combate aos incêndios, já que as equipas no terreno têm literalmente de tentar apagar vários fogos.

Sublinhando as condições adversas, o Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de deixar uma palavra solidária, para quem está no terreno.

Por causa dos fogos na região centro, está cortada nos dois sentidos a A23, entre Fratel e Vila Velha de Ródão. No terreno estão mais de 1800 operacionais.

Também na terça-feira à noite as chamas estiveram às portas da cidade de Setúbal. 500 pessoas chegaram a ser retiradas de casa, mas o fogo foi dominado pouco antes da meia-noite. Os moradores de dois bairros, Reboreda e Viso, foram retirados por precaução, mas já regressaram a casa.

Fonte: tsf

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 18 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.