Incêndios continuam a preocupar bombeiros

0

A responsável da ANPC referiu que às 09:00 de hoje lavraram em Portugal Continental sete incêndios florestais, com seis destes a merecerem “preocupação” — três no distrito de Castelo Branco (dois em Oleiros e um na Sertã), um na Guarda, um em Santarém e e outro em Vila Real (Montalegre).

Apesar de uma “melhoria aparente” das condições meteorológicas relativamente ao acendimento de incêndios e respetivo combate – prevê-se para os próximos dias descida da temperatura e o aumento da humidade relativa – “todo o cuidado continua a ser pouco”.

“Não estão descartadas as possibilidades de continuarmos a ter incêndios com alguma velocidade de propagação”, referiu.

Patrícia Gaspar recordou que o estado de alerta mantém-se até às 24:00 de hoje, com os distritos de Bragança, Beja, Castelo Branco, Faro, Santarém, Vila Real, Viseu, Portalegre e Guarda em alerta laranja e os restantes em alerta amarelo.

OLEIROS

Segundo a adjunta-nacional de operações da ANPC, Patrícia Gaspar, num ‘briefing’ na sede daquela entidade em Carnaxide, Oeiras, as 16 pessoas foram deslocadas para o Centro de Dia de Cambas, até estarem reunidas condições de segurança para poderem regressar às três povoações.

O fogo de Oleiros, que teve início às 13:18 de quarta-feira, era às 09:00 de hoje o que mobilizava mais operacionais e meios de combate. Por essa hora, o fogo com duas frentes ativas estava a ser combatido por 378 operacionais, apoiados por 113 veículos e cinco meios aéreos.

De acordo com Patrícia Gaspar, este fogo está a ser “combatido com dificuldades” devido ao vento, numa “zona com pequenas povoações onde estão identificados desde o início dois pontos críticos — as povoações de Orvalho e Estreito”.

Ainda em Oleiros,  iniciou-se outro incêndio pelas 00h53 desta quinta-feira,  em Poeiros, que já conta com perto de 200 operacionais e ainda quatro meios aéreos.

SERTÃ

Fogo na Sertã dado como dominado

Temperaturas continuam altas no interior, por isso 329 operacionais  e 91 viaturasvão manter-se no terreno

O incêndio florestal que deflagrou na tarde de quarta-feira na Sertã, distrito de Castelo Branco, foi hoje dado como dominado às 09:00, de acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

 




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.