Incêndio no Porto obrigou ao realojadamento de duas moradoras – Bombeiros

0
Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

As duas moradoras de um dos dois prédios que arderam, na quarta-feira, no Largo da Fontinha, no Porto, tiveram de ser realojadas, disse hoje à agência Lusa o chefe de serviço dos Bombeiros Sapadores do Porto.

Uma das moradoras vai ficar em casa de familiares e a outra terá de ser a Proteção Civil a encontrar uma solução para a realojar esta noite, adiantou o chefe de serviço.

Segundo a mesma fonte, o incêndio deflagrou no número 122 do Largo da Fontinha, tendo ardido o primeiro andar e as águas furtadas. “Devido à grande quantidade de água que tivemos de utilizar para apagar o incêndio, o rés-do-chão ficou todo destruído”, explicou.

FONTE: Agência Lusa

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.