Incêndio obrigou a evacuar prédio nos Clérigos

0

1535510_648042365252627_1399073589_nOs quatros andares do prédio habitado que fica na esquina da Rua Conde de Vizela com os Clérigos, no Porto, foram evacuados, na quarta-feira à noite, devido a fogo no telhado.

 

Não houve feridos, mas os cerca de 25 habitantes foram obrigados a deixar as casas por precaução e pernoitaram em pensões e com familiares.

 

A operação foi conduzida pela Proteção Civil Municipal, que chegou à zona do sinistro depois das 23 horas. O motivo da evacuação total do prédio deveu-se mais à ação de combate dos Sapadores e Voluntários do Porto, e à presença abundante de água, do que ao fogo em si, que só consumiu as águas-furtadas (o alerta foi dado às 21.28 horas e extinto às 22.45 horas).

 

O último andar foi o mais afetado, com os cinco quartos – que são habitados por mais de uma dezena de estudantes – encharcados e com entulho caído do telhado devido ao fogo. Os restantes pisos sofreram sobretudo com a infiltração da água.

 

Esta quinta-feira de manhã, a partir das 9 horas, o gabinete da Proteção Civil Municipal estará no local a avaliar das condições de habitabilidade e segurança do prédio. Mas, quarta-feira à noite, não havia qualquer indicação de perigo com o imóvel ou os outros imóveis vizinhos daquela zona histórica do Porto, em frente à Torre e à Igreja dos Clérigos.

 

Um incêndio destruiu as águas furtadas de um prédio na Rua Conde de Vizela, no centro do Porto, na quarta-feira à noite. Não há registo de vítimas. Bombeiros controlaram as chamas em cerca de uma hora.

Fonte:Jn

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.