Incêndio na Covilhã mobiliza ​11 meios aéreos

0

O fogo começou no santuário de Nossa Senhora das Dores, na localidade de Paúl.

Um incêndio na Covilhã, no distrito de Castelo Branco, está a ser combatido por 164 operacionais, dezenas de viaturas e 11 meios aéreos.

As chamas consomem uma área de floresta, propagaram-se com rapidez e registaram-se várias projecções.

O fogo começou no santuário de Nossa Senhora das Dores, na localidade de Paúl, no concelho da Covilhã.

O vento, que sopra na ordem dos 40 a 60 quilómetros/hora, e as temperaturas elevadas que se fazem sentir estão a dificultar o trabalho dos bombeiros.

Pelas 18h00, havia duas frentes activas, que os bombeiros tentavam dominar para que o incêndio não ganhem proporções ainda maiores proporções.

Não há habitações em risco.

RR

 

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.