Incêndio em Huelva queimou mais de 12.000 hectares

0

Fogo foi um “dos mais perigosos da Andaluzia nos últimos anos”.

O incêndio que atingiu nos últimos dias a província de Huelva, no sul de Espanha e que faz fronteira com Portugal, queimou mais de 12.000 hectares numa área superior a 18.000, avançou esta terça-feira o Governo regional da Andaluzia.

O incêndio, que foi considerado dominado esta segunda-feira, foi um “dos mais perigosos da Andaluzia nos últimos anos”, disse à imprensa o conselheiro (ministro regional) da Presidência, Elías Bendodo, que considerou ter havido “momentos críticos”, especialmente devido à colisão de duas massas de vento a mais de 50 quilómetros por hora que forçaram uma mudança na estratégia de combate ao incêndio.

“Foi um feito, porque tudo estava contra nós”, sublinhou Bendodo, que agradeceu ao Governo central espanhol pela sua “colaboração leal” e também às autarquias da região do sinistro.

Fonte: Correio da Manha / LUSA

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt