Incêndio de ontem em plena Serra da Estrela teve mão criminosa

0

incêndio combate O incêndio que ontem consumiu uma vasta área de mato em Videmonte, concelho da Guarda, teve origem criminosa, disse ao Portal Bombeiros.pt fonte no local.

Foram cerca de 40 bombeiros e 10 veículos que estiveram envolvidos no combate a um incêndio que durante o dia de ontem consumiu uma vasta área de mato na freguesia de Videmonte, concelho da Guarda. Sendo uma zona localizada em pleno Parque Natural da Serra da Estrela e rica em povoamentos de pinhal, os bombeiros conseguiram impedir que o incêndio de desenvolvesse e atingisse maiores proporções.

Este incêndio teve o seu início por volta das 06:00 horas, tendo sido combatido pelas corporações de bombeiros da Guarda, Gonçalo, Famalicão da Serra, Vila Franca das Naves, Trancoso e Mêda.

No local estiveram ainda forças policiais que constataram que este incêndio teve origem criminosa, conseguindo encontrar no local alguns elementos que isso comprovaram. Após algumas averiguações, foi identificado o autor do incêndio, que alegou desavenças familiares ao nível das partilhas de terras como justificação. Trata-se de um emigrante que está de férias na sua terra natal, Videmonte, e que deveria regressar à Suiça nos próximos dias, disse ao Portal Bombeiros.pt fonte no local.

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).