300 Operacionais combatem Incêndio que deixou casas em perigo na Covilhã

0

Um incêndio que deflagrou este domingo numa zona florestal do concelho da Covilhã, distrito de Castelo Branco está a ameaçar algumas casas próximas. Os meios de combate ao fogo foram reforçados no início da noite.

As chamas obrigaram ao cortes de estradas. O incêndio foi registado às 16h47 na localidade de Abuceira, freguesia da Erada, no concelho da Covilhã, disse fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil contactada pela agência Lusa.

Ao todo, foram mobilizados para o combate no terreno 301 operacionais, 86 veículos e 5 meios aéreos. As estradas nacional 343 e a municipal 513 estão cortadas ao trânsito nos dois sentidos no concelho da Covilhã devido ao incêndio, indicou à agência Lusa fonte da GNR.

De acordo com a mesma fonte, a Estrada Nacional 343, na localidade de Paúl, está cortada desde as 20:30, e a Estrada Municipal 513, em Coutada, está cortada desde as 21h30. A GNR avança como alternativa a esta segunda via a Estrada Municipal 230.

Os meios de combate ao incêndio que deflagrou no concelho da Covilhã foram reforçados ao princípio da noite e tomadas precauções para evitar a evacuação de habitações, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

“Existem povoações na zona, mas estão a ser tomadas as devidas precauções para não ser necessária a evacuação de habitações”, indicou a Proteção Civil.

CM / Bombeiros.pt

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.