Homem suspeito de atear fogo quando soldava portão em Fornos de Algodres

0

Suspeito foi constituído arguido e os factos foram remetidos pela GNR para o Tribunal Judicial de Celorico da Beira, no distrito da Guarda.

A GNR deteve um homem de 78 anos por crime de incêndio florestal, que é suspeito de ter provocado um incêndio quando soldava um portão, no concelho de Fornos de Algodres, foi hoje anunciado.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere em comunicado que o homem foi detido, na terça-feira, através de militares do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Gouveia.

Segundo a fonte, após ter sido dado o alerta para o incêndio rural, “os militares da Guarda deslocaram-se para o local, acabando por identificar um homem que terá provocado o incêndio quando soldava um portão”.

O suspeito foi constituído arguido e os factos foram remetidos pela GNR para o Tribunal Judicial de Celorico da Beira, no distrito da Guarda.

A GNR alerta na nota “que se evitem comportamentos de risco nos espaços florestais e agrícolas” e que, em caso de incêndio, as pessoas telefonem “de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada e a forma de acesso mais rápida ao local”.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt