Homem morre em incêndio em habitação

0

Um homem, de 50 anos, morreu num incêndio numa moradia bifamilar, em Pedrouços, na Maia. A Polícia Judiciária encontra-se a estudar as causas do fogo, que ocorreu na madrugada desta quinta-feira.

incendio urbanoSegundo apurou o JN, o incêndio ocorreu pelas 4.38 horas desta quinta-feira, no rés-do-chão de uma moradia bifamiliar, em Pedrouços, na Maia. As chamas foram combatidas por 11 elementos dos Bombeiros Voluntários de Pedrouços, auxiliados por quatro viaturas.

Quando os bombeiros encontraram a vítima, encontrava-se em paragem cardio-respiratória. Ainda foram feitas várias manobras de reanimação mas o homem acabou por ser declarado morto ainda no local.

O incêndio deixou a moradia bastante danificada. As causas ainda estão por apurar e estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária. Já os Serviços de Proteção Civil estão a avaliar se a casa dispõe de condições de habitabilidade, uma vez que no primeiro piso residia uma família.

Fonte: jn.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.