Grande incêndio na Covilhã: “Se passa a estrada vai tudo de vela”

0

_MG_3732Têm sido dois dias de combate intenso às chamas. Fogo em causa começou ao início da tarde de quinta-feira. Mobiliza 400 bombeiros e 14 helicópteros para tentar parar as chamas

Desde a madrugada de quinta-feira que a Covilhã está a ser assolada por fortes incêndios. Um que deflagrou já de tarde, pelas 14:45 mobilizava ainda esta madrugada quase 400 bombeiros. O fogo continua a lavrar em Verdelhos, esta manhã de sexta-feira, . Os moradores estavam aflitos com o cenário que encontravam diante das suas casas e perderam muito do cultivo feito ao longo do ano.

“Tenho batatas, tenho feijão, tenho vinho, tenho cebolas. Fiquei sem nada. Fiquei sem nada. Tanto trabalho e fiquei sem nada”, disse à TVI uma moradora na zona.

“Possivelmente não vou dormir. Se isto ultrapassa a estrada vai tudo de vela”, receou outro.

Os bombeiros estavam acompanhados por 127 veículos. O repórter da TVI no local deu conta que foram mais de 14 aviões e helicópteros que estiveram na frente do fogo .

Esta manhã de sexta-feira, pelas 08:50, o incêndio continuava ativo. Segundo o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Castelo Branco, o combate às chamas está já numa situação mais “favorável”.

“Não há habitações em risco, unicamente zona florestal. A situação decorre de forma favorável. É uma questão de mais algum tempo, sendo que não dependemos só de nós”, mas também das condições climatéricas.

Atenção ao risco de incêndio noutras regiões

Onze concelhos dos distritos de Castelo Branco, Guarda, Viseu, Santarém e Coimbra apresentam hoje risco máximo de incêndio: Sardoal (Santarém), Vila de Rei (Castelo Branco), Pampilhosa da Serra (Coimbra), Sabugal, Guarda, Gouveia, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Aguiar da Beira, Trancoso (Guarda) e Sernancelhe (Viseu).

O IPMA colocou também em risco elevado e muito elevado de incêndio vários concelhos dos distritos de Lisboa, Santarém, Leiria, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Viseu, Aveiro, Braga, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.