Governo prepara “o maior dispositivo de sempre” de meios aéreos de combate a fogos

0

O ministro da Defesa disse esta quinta-feira que estão em curso dois concursos para a aquisição de helicópteros de combate a incêndios para a Força Aérea, vincando que no verão o país terá o “maior dispositivo” de sempre.

“Estão em curso dois concursos para meios aéreos – helicópteros — […] e isso vai permitir que tenhamos, no verão, o maior dispositivo que alguma vez tivemos no combate aos incêndios”, declarou esta quinta-feira, em Bruxelas, João Gomes Cravinho.

Falando na sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), no final de uma reunião dos ministros da Defesa daquele organismo, o governante vincou que “o trabalho está em curso e prossegue o seu percurso natural”, num ano em que a gestão dos meios aéreos de combate a incêndios passou para a Força Aérea.

Este ano, o dispositivo vai, assim, contar com 61 aparelhos, mais cinco do que em 2018. Vinte e dois meios aéreos estão contratados desde 2018 por dois anos e 35 estão a ser agora objeto de concurso público. Atualmente fazem parte da frota do Estado três helicópteros ligeiros e seis helicópteros Kamov, que estão todos inoperacionais.

Os concursos a que João Gomes Cravinho se referia dizem respeito a “serviços de disponibilização e locação dos meios aéreos que constituem o dispositivo aéreo complementar do DECIR [Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais] de 2019 a 2022” e a “serviços de operação, gestão de aeronavegabilidade permanente e de manutenção de aeronaves AS350 B3 da frota própria do Estado”.

O primeiro concurso tem um preço base de 80,22 milhões de euros, o segundo é de 11,8 milhões de euros.

CM

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.