Governo autoriza compra de meios aéreos para combate a fogos

0
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil vai abrir concurso internacional para a aquisição de meios aéreos anfíbios e pesados de combate aos incêndios, no valor máximo de 17,14 milhões de euros, distribuídos pelos próximos três anos.

Segundo informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o concurso público internacional vai ser aberto no início do próximo ano para os anos de 2015, 2016 e 2017.

“O montante de 17,14 milhões de euros reporta-se à totalidade dos três anos. É de sublinhar que aquele valor é a despesa máxima autorizada para efeitos de concurso público com publicidade internacional (…), sendo expectável que o valor efetivo do contrato a celebrar seja inferior”, diz a ANPC.

Neste valor, estão incluídas as despesas com a contratação de meios aéreos anfíbios, médios e pesados, para serem usados “durante o período mais crítico de incêndios florestais”.

Para o ANPC, esta contratação vai permitir “estabilizar o reforço do dispositivo aéreo do Ministério da Administração Interna para os próximos três anos”.

Acrescenta que a aquisição destes equipamentos traz vantagens operacionais — “tais como previsibilidade do dispositivo e a possibilidade de transferir horas não utilizadas em determinado ano, para o ano seguinte” — além de permitir a redução do custo financeiro.

A despesa com a contratação dos meios aéreos foi hoje autorizada pelo Conselho de Ministros.

Lusa

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.