Gondomar – 600 mil euros às corporações de bombeiros

0

A Câmara Municipal de Gondomar deliberou por unanimidade, em reunião pública realizada, hoje de manhã, nas instalações da Junta de Freguesia de Baguim do Monte, atribuir às corporações de bombeiros do Município um apoio financeiro no valor total de 609 mil euros, ao longo do ano em curso.

logo GONDOMAR É D'OURO -comportamentos-De acordo com o Executivo, além das operações de socorro e proteção de pessoas e bens ao nível do Concelho, é necessário “dar execução ao Plano Municipal de Defesa Contra Incêndios do Município de Gondomar, nomeadamente, prevenindo através da criação e manutenção das redes de faixas de gestão de combustíveis e combatendo rapidamente os incêndios após a sua ignição com uma ação forte e musculada, que permita uma rápida e eficaz intervenção com vista a evitar a propagação e consequente extinção”.

Entre 2008 e 2013, os apoios municipais foram sempre de 480 mil euros, numa base fixa, e em 2014 cresceram para perto de 600 mil euros (incluindo uma base variável de 120 mil euros). Em 2015, a base variável subiu para 150 mil euros, em função da área geográfica, população e serviços de socorro prestados.

Fonte – C.M.Gondomar




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.