GNR investiga origem de incêndios florestais no distrito da Guarda

0

Incêndios/Guarda: Terrenos por limpar em redor de casas isoladas e de povoações na “mira” da GNRA GNR anunciou que está a investigar a origem de cinco incêndios florestais hoje registados nos concelhos de Seia, Gouveia e Fornos de Algodres, no distrito da Guarda.

Segundo o tenente-coronel Cunha Rasteiro, oficial de relações públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda, estão no terreno equipas de proteção florestal do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) do Destacamento Territorial de Gouveia que investigam “as causas dos incêndios” ocorridos nas últimas horas.

Segundo a página de internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), pelas 14H00, o fogo de Baiol, com uma frente ativa, estava a ser combatido por 87 operacionais, apoiados por 22 veículos. Já o fogo de Loriga, também com uma frente em evolução, era combatido por 19 elementos, cinco veículos e um helicóptero bombardeiro.

(Fonte: As Beiras)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).