GNR deteve presumível incendiário em Figueira de Castelo Rodrigo

0

Incêndios/Guarda: Terrenos por limpar em redor de casas isoladas e de povoações na “mira” da GNRA GNR anunciou hoje a detenção, em Figueira de Castelo Rodrigo, de um pastor de 46 anos, suspeito de ter ateado um incêndio florestal pela necessidade de proceder à renovação da pastagem para o gado.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que o homem foi detido “em flagrante delito”, cerca das 15:30, nas proximidades da localidade de Vermiosa, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, por militares do posto local.

“A patrulha estava nas proximidades [do local onde o fogo eclodiu] quando avistou uma coluna de fumo. Deslocou-se ao local do incêndio e verificou que ali se encontrava o pastor suspeito”, que deteve após diligências, contou.

O homem tinha na sua posse um isqueiro com que alegadamente terá ateado as chamas, que justificou “pela necessidade de renovar as pastagens para o gado”, referiu ainda a GNR.

Segundo a fonte, o fogo destruiu uma pequena área de mato, pois a rápida intervenção dos bombeiros e de um helicóptero de combate a incêndios florestais evitou que as chamas se propagassem.

Fonte: Noticias ao Minuto / Lusa




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.