GIPS na operação de remoção da aeronave de combate a incêndios florestais

0

Ontem, ao final do dia, deu-se por concluída com sucesso, a operação de remoção da aeronave de combate a incêndios florestais, que se despenhou na lagoa de uma pedreira na localidade de Lamoso, Paços de Ferreira.

Destaca-se o grau de dificuldade desta operação devido à envergadura da aeronave, à altitude e profundidade a que se encontrava o aparelho, 30 metros e à fraca visibilidade e temperatura da água no fundo. Estes fatores condicionaram o mergulho e o tempo que cada mergulhador dispunha para operar, cerca de 20 minutos no fundo da lagoa.

Esta Operação decorreu em três fases: Leitura de fundo e identificação do aparelho através de sonar. Sinalização e montagem de cabos de trabalho e balões para reflutuação do aparelho e balde. Estabilização da aeronave e reboque até à margem.

Na Operação estiveram envolvidos dez Militares do GIPS, nove mergulhadores da Unidade Especial de Operações Subaquáticas – UEOS, apoiados por um socorrista TAS.

GNR-GIPS

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.