Garmin® oferece Montana 650T ao Corpo de Bombeiros de Águas de Moura

0

image001A Garmin, líder mundial em soluções de navegação por satélite*, anuncia a oferta de um GPS Montana 650T ao Corpo de Bombeiros de Águas de Moura, no qual Rui Laranjeira é Comandante e explica a mais valia quanto ao recurso das Tecnologias GPS num cenário de incêndio florestal, assim como o porquê de ter escolhido este equipamento da Garmin.

Depois de alguns contactos trocados entre a Garmin Portugal e o Corpo de Bombeiros de Águas de Moura, foi orgulhosamente cedido pela marca um dos seus GPS de topo, o Montana 650T. O objetivo passa por ajudar os bombeiros nas operações de apoio no combate aos incêndios.

De entre as suas principais características, o Montana 650T possui um ecrã tátil de 4 polegadas (4”) com orientação dupla (mapas desenhados e imagem real da estrada), e adequado para uso com luvas, o que facilita a sua utilização no dia a dia dos profissionais do corpo de bombeiros.
O mapa topográfico recreativo de 100K Europeu pré-carregado oferece um alargado espectro de acesso por várias estradas e caminhos secundários, essencial na procura por trilhos e caminhos alternativos.

A câmara de 5 MP com focagem automática permite a criação de fotografias georreferenciadas, característica apontada como fundamental por Rui Laranjeira, Comandante do Corpo de Bombeiros de Águas de Moura e que também comanda um grupo de combate de ataque ampliado (GRUATA Setúbal), um grupo em reforço a outros distritos que necessitem de mais recursos e ajuda: “Com o Montana 650T conseguimos ter sempre acesso à georeferenciação do local, ou seja, sabemos qual o local exato onde estão os bombeiros, podendo referenciar também onde estão os abastecimentos de água ou até mesmo a localização de habitações isoladas ou nas proximidades do incêndio. Esta funcionalidade é muito importante tanto para responder com maior exatidão e prontidão aos pedidos de ajuda, como para garantir a segurança de todo o corpo de intervenção”. Além disso, fornece o perímetro do incendio, ou seja da área ardida, e com imagem de qualidade.

O GPS Montana 650T tem uma bússola de 3 eixos com altímetro barométrico que oferece uma fiabilidade muito superior à dos smartphones. Rui Laranjeira adianta que “a bússola do smartphone que usava não tem a mesma capacidade do que um equipamento como este. A primeira vez que o experimentei, tendo sido o mote para adquirirmos um para o corpo de bombeiros, foi numa formação sobre coordenação de meios aéreos no combate a incêndios florestais, onde tivemos a oportunidade de verificar as suas potencialidades, e constatámos que o GPS que melhor servia os nossos propósitos operacionais, especialmente pelo papel relevante que temos tido nas missões de combate a incêndios no norte do país, era o Montana 650T”.

Ao suportar imagens de satélite BirdsEye, mapas personalizados Garmin e navegação fotográfica, o Montana 650T guia de forma extremamente precisa do ponto de partida ao ponto de destino e de volta exatamente pelo mesmo trilho.

“Para nós é um enorme prazer fazer parte deste grupo de intervenção nacional, os nossos bombeiros portugueses, dos mais importantes que existem e muitas das vezes dos mais negligenciados em termos de meios tecnológicos. Acreditamos que o Montana 650T está à altura do desafio”, afirmou Natália Cabrera, diretora de marketing da Garmin Ibérica.

Bombeiros de Águas de Moura

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.