Frio? Muita roupa, bebidas quentes e atenção às lareiras.

0

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu esta segunda-feira um aviso à população devido à previsão de tempo frio até quinta-feira.


Fonte: Universidade FM

Em Vila Real, está prevista uma temperatura mínima de 1 grau negativo e máxima de 5 graus, já amanhã segundo dados do Intitulo Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) o distrito apresentará a temperatura mínima mais baixa do país, esperando que os termómetros baixem até aos 5 graus negativos e 6 graus de máxima.

O comandante distrital da proteção civil, Álvaro Ribeiro refere que o “gelo na estrada, lareiras e braseiras são os principais focos de atenção”.
Até ao momento a proteção civil do distrito foi chamada a intervir em alguns casos ligados ao uso de braseiras, lareiras com resultado em incêndios urbanos, em todas as ocorrências não há feridos a registar.

O país vai despedir-se do ano 2014 e receber 2015 com temperaturas mínimas abaixo do normal para a época na generalidade dos distritos.
A Proteção Civil indica também que, hoje e amanhã, “em particular nas terras altas, os índices de desconforto térmico serão mais acentuados pela ocorrência de vento moderado a forte com rajadas que podem atingir 80 quilómetros por hora”.

Face a esta situação, a ANPC alerta para, piso rodoviário escorregadio devido à formação de geada, intoxicações por inalação de gases e incêndios em habitações.

A Direção-Geral de Saúde também deixa algumas recomendações e alerta para que se evite uma exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura, o uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente, nomeadamente luvas, gorro, meias quentes e cachecol, fazer uma maior ingestão de sopas e bebidas quentes.

Com as temperaturas atingirem valores muito baixos, é necessário ter uma atenção especial com situações de pessoas idosas, em condição de maior isolamento, com carências financeiras e aos sem-abrigo. Ter uma atitude cívica.

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.