Frio – Medidas Preventivas

0

frioA ANPC recorda que o eventual impacto dos efeitos do frio pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de  comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

  • Que se evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura;
  • O uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;
  •  A proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);
  •  A ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;
  • Especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.
  • Especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar
    intoxicação e levar à morte;
  • Que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de
    braseiras ou lareiras;
  • Que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;
  • Que se tenha em atenção a condução em locais onde se forme gelo e neve na estrada, adotando uma
    condução defensiva;
  • Especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes sociais de proximidade, com as situações de pessoas idosas ou em condição de maior isolamento.
  •  Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

O tempo frio deverá manter-se até à próxima semana, com temperaturas negativas, pelo que todo o continente se encontra sob aviso amarelo, de acordo com o site do Instituto Português do Mar e a da Atmosfera.

Fonte: prociv.pt

 




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.