Fogo que começou em Ourém e atingiu Alvaiázere e Ferreira do Zêzere está em resolução

0

O incêndio que começou na quinta-feira à tarde no concelho de Ourém e que alastrou a Alvaiázere (Leiria) e Ferreira do Zêzere está em resolução.

“Todo o perímetro do incêndio está em resolução. Tem havido reativações, mas têm sido prontamente debeladas”, adiantou a mesma fonte, pelas 11:30.

Segundo o CDOS de Santarém, o estado do incêndio passou à fase em resolução pelas 08:00, embora permaneçam no terreno 620 operacionais, apoiados por 202 veículos e seis meios aéreos.

A fonte do CDOS esclareceu que neste incêndio estão contabilizados 44 feridos: 37 agentes de proteção civil (maioritariamente bombeiros) e sete civis.

Trinta e cinco daqueles feridos foram assistidos no local. As situações prendem-se, sobretudo, com inalação de fumo e exaustão.

Este incêndio começou às 16:37 de quinta-feira, na localidade de Cumeada, na União de Freguesias da Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais.

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, disse hoje não haver ainda uma estimativa dos prejuízos decorrentes do fogo, mas notou que estes se devem, “essencialmente, a zonas de mato, pinheiro e eucalipto”.

“Felizmente, em habitações no nosso concelho não há danos a registar”, declarou Luís Albuquerque, apontando “dois ou três anexos já devolutos” que arderam.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil adiantou, na rede social Facebook, que a área ardida estimada neste incêndio é de 2.084 hectares.

Portugal continental entrou às 00:00 de hoje em situação de contingência, que deverá terminar às 23:59 de sexta-feira, mas que poderá ser prolongada caso seja necessário.

A declaração da situação de contingência foi decidida devido às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para o agravamento do risco de incêndio, com temperaturas que podem ultrapassar os 45º em algumas partes do país, segundo disse, no sábado, o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro.

Devido à situação de risco, Portugal ativou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil e a Comissão europeia mobilizou, no domingo, dois aviões espanhóis para combater os incêndios no território português.

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt