Fogo obriga ao corte da circulação de comboios na linha do Algarve por duas horas

0

incendioUm incêndio florestal que deflagrou hoje perto de Alfandanga, em Olhão, obrigou ao corte da circulação de comboios na linha que liga Faro a Vila Real de Santo António durante duas horas, disse fonte da Proteção Civil.

A circulação esteve interrompida durante o tempo que os bombeiros levaram a dominar o incêndio, mas “já foi restabelecida”, frisou a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

As equipas de socorro receberam o alerta às 16:30 e o fogo foi dado como dominado às 18:24, com a ajuda de dois helicópteros da Autoridade Nacional de Proteção Civil, precisou a mesma fonte.

Estiveram também envolvidos no combate ao fogo 59 operacionais de cinco corporações de bombeiros do Algarve e da GNR, adiantou o chefe de equipa de serviço no CDOS de Faro.

O incêndio deflagrou numa zona próxima da linha ferroviária do Algarve, no troço entre a Fuzeta e Tavira.

Diário Digital com Lusa

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.