Fogo na serra do Caramulo “dominado”, segundo Proteção Civil

0
Imagem: Lusa

Imagem: Lusa

O incêndio que lavrava desde a passada quarta-feira na  serra do Caramulo foi dado como “dominado” hoje às 19h06 minutos, informa  a Autoridade Nacional de Proteção Civil na Internet.

No continente, às 19h30, estavam ainda em curso 13 incêndios, designadamente  nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Coimbra, Vila Real, Porto e Viseu.

Na serra do Caramulo, na zona de Silvares, no distrito de Viseu, combateram  as chamas, dadas por dominadas, 368 efetivos que contam com o apoio de 111  viaturas e cinco meios aéreos, nomeadamente quatro aviões bombardeiros e  um helicóptero bombardeiro.

Também no distrito viseense, no concelho de Oliveira de Frades, nos  lugares de Feitalinho e Arcozelo das Maias as chamas lavram desde as 11h19  e estão a ser combatidas por 135 operacionais com o apoio de 35 viaturas  e dois helicópteros bombardeiros.

Neste distrito lavra um outro incêndio, nos lugares de Montemuro e Alhões,  em Cinfães, desde sábado, e está a ser combatido por 32 operacionais apoiados  por nove viaturas.

No distrito de Vila Real, estão ativos quatro incêndios, um deles, com  uma frente, nos lugares de Ferraria e Sedielos, no concelho de Peso da Régua,  que mobiliza 51 operacionais apoiados por 16 viaturas.

Também neste distrito de Trás-os-Montes e Alto Douro, em São Pedro de  Veiga de Lila, no concelho de Valpaços, lavra um incêndio desde sábado,  que está a ser combatido por 204 efetivos com o apoio de 61 viaturas e um  helicóptero bombardeiro.

O terceiro incêndio neste distrito lavra desde quinta-feira nos lugares  de Soutelinho do Mezio e de Telões, que mobiliza 51 operacionais que contam  com o apoio de 16 viaturas.

Um outro incêndio, em Calvão, no concelho de Chaves, que lavra desde  sexta-feira está a ser combatido por 81 efetivos com o apoio de 25 viaturas.

No distrito do Porto, nos lugares de Creledo e Covelas, 99 operacionais  com o apoio de dois aviões bombardeiros e 32 viaturas combatem as chamas  que lavram desde as 16:00 de hoje, segundo a mesma fonte.

Em Erverdal, no concelho de Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra  283 operacionais, com o apoio de 77 viaturas e um helicóptero bombardeiro,  combatem as chamas que lavram em duas frentes desde hoje às 10:12.

Neste distrito regista-se um outro incêndio em Ribeira de Soutelinho  e na Portela do Fojo, no concelho de Pampilhosa da Serra, que está a ser  combatido por 97 efetivos com o apoio de 25 viaturas e três helicópteros  de ataque inicial.

No distrito de Viana do Castelo, continua ativo com uma frente o incêndio  que lavra desde sábado nos lugares de Boucinha e Dem, no concelho de Caminha  e está a ser combatido por 54 operacionais com o apoio de 14 viaturas.

Ainda no Alto Minho, nos lugares de Senhora da Boa Morte e Correlhã,  no concelho de Ponte Lima, as chamas que lavram desde a noite de sexta-feira  estão a ser combatidas por 150 operacionais com o apoio de dois helicópteros  bombardeiros e 43 viaturas.

Neste mesmo distrito as chamas ardem desde as 09:45 no lugar de Vilar,  no Parque Nacional da Peneda/Gerês, no concelho de arcos de Valdevez.

Em zona de mato lavra desde as 10:28 de hoje um incêndio nos lugares  de Reboriça e Cavez, no concelho de Cabeceiras de Basto, no distrito de  Braga, e que está a ser combatido por 18 operacionais e com o apoio de cinco  viaturas.

 FONTE: Lusa
IMAGENS: Lusa

 

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.