Fogo de Vale da Pia em Pombal é o que mais preocupa os bombeiros às 07h00

0

No combate às chamas estão 469 operacionais, com 129 veículos.

O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Vale da Pia, no concelho de Pombal, distrito de Leiria, era às 07h00 desta quarta-feira o fogo que mais preocupava os bombeiros, segundo o comandante Paulo Santos, da proteção civil.

“A esta hora há vários incêndios que preocupam os bombeiros. Temos dois em Leiria, um em Vale da Pia, que tem 469 operacionais, com 129 veículos, e o da Caranguejeira que está a ser combatido por 358 operacionais, com 108 veículos”, disse à Lusa o comandante Paulo Santos.

Num ponto de situação feito à Lusa cerca das 07h00, o comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), destacou também o incêndio que deflagrou em Gambelas, na freguesia de Montenegro, no distrito de Faro, às 23h30 e que mobilizava 172 operacionais, com o apoio de 64 veículos.

“Preocupam igualmente os incêndios da Cumeada e Espite, no concelho de Ourém, que estão em fase de resolução desde as 03h00. Nestes locais que têm uma vasta área e vários pontos quentes, permanecem fortes dispositivos. Durante a noite ocorreram várias reativações, mas não temos informação de feridos durante a noite”, disse.

O comandante Paulo Santos destacou também um incêndio que deflagrou em Monte Novo, no concelho de Serpa, distrito de Beja, que mobiliza 85 operacionais, com o apoio de 32 veículos e que já está em resolução.

O oficial da ANEPC disse também que vai ser feita uma avaliação junto dos teatros de operações para fazer um balanço do combate durante a noite e nas próximas horas devem ser ativados meios aéreos para ajudar no combate.

De acordo com dados disponíveis no ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), às 07h20 estavam em curso 11 incêndios, que mobilizavam 1.357 operacionais, com o apoio de 402 veículos.

Às 07h20, mais de dois mil operacionais combatiam 46 incêndios – entre fogos em curso, resolução e conclusão – em Portugal continental, com o auxílio de 785 veículos.

Dezasseis dos 18 distritos de Portugal continental estão esta quarta-feira sob aviso vermelho, o mais grave, devido ao tempo quente, com mais de uma centena de concelhos em perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Porto, Aveiro, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, Santarém, Lisboa, Portalegre, Setúbal, Évora e Beja vão estar até às 00h00 de quinta-feira sob aviso vermelho devido à persistência de valores extremamente elevados da temperatura máxima.

Esta situação de tempo muito quente resulta da circulação de uma massa de ar muito quente e seco, originária no norte de África, que irá persistir até sexta-feira, com valores de temperatura acima ou muito acima da média.

Portugal continental entrou às 00h00 de segunda-feira em situação de contingência, que deverá terminar às 23h59 de sexta-feira, mas poderá ser prolongada caso seja necessário.

A declaração da situação de contingência foi decidida devido às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para o agravamento do risco de incêndio, com temperaturas que podem ultrapassar os 45º em algumas partes do país.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt