Figueiró dos Vinhos: Morreu um bombeiro no combate às chamas no distrito de Leiria

0

Imagem TVI

Comandante dos bombeiros diz que “é humanamente impossível combater o fogo”. Presidente da Câmara de Figueiró dos Vinhos, onde lavra o incêndio, mandou retirar 600 pessoas de duas praias fluviais do concelho. Há habitações em risco.
Um bombeiro morreu esta quinta-feira durante o combate às chamas em Azeitão, Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria. O bombeiro, que tinha 19 anos de serviço, perdeu a vida depois de ter ido atestar uma viatura de abastecimento de água, disse à Lusa o comandante da corporação.

Joaquim Pinto afirmou que o bombeiro estava sozinho numa viatura de abastecimento de água e, quando já estava a regressar à zona de combate, depois de atestar o depósito do carro, “foi apanhado pelo fogo”, vindo a morrer.
“Já temos uma situação muito grave no nosso corpo de bombeiros – a perda de um bombeiro, que foi apanhado pelo fogo quando ia a circular”, lamenta Joaquim Pinto, que lidera o corpo de operacionais de Figueiró dos Vinhos e que afirma que “o incêndio está com muita violência”. “O vento está muito forte e humanamente é impossível combatê-lo”, diz o comandante, em declarações à Renascença.
Habitações em risco e praias evacuadas O comandante dos bombeiros informa também que “algumas habitações estão em risco” e garante que os operacionais no terreno vão “fazer o possível para que essas habitações não sejam consumidas pelo incêndio”.

Pelas 17h45, o incêndio era combatido por 266 operacionais, auxiliados por quatro meios aéreos (dois helicópteros e dois aviões) e 52 veículos, informa a Proteção Civil na sua página oficial.
O presidente da Câmara de Figueiró dos Vinhos referiu à Lusa que cerca de 600 pessoas foram retiradas de duas praias fluviais no concelho devido à proximidade das chamas, que lavram desde as 15h00.
“A primeira a ser evacuada foi a de São Simão das Fragas, pelas 15h30, e depois, por precaução, foram retiradas mais 300 pessoas da praia fluvial da Aldeia Ana de Aviz”, referiu Rui Silva.

FONTE: RR
IMAGEM: TVI

 

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.