imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto, José Miranda, disse hoje, em Penafiel, que as corporações no interior do país estão a sofrer mais com a crise por terem menos apoios.

“O interior está esquecido neste país. Se escamotearmos isto, estamos a não ser realistas. É evidente que as corporações do interior têm maiores dificuldades, porque têm menos apoios do que as dos grandes centros”, considerou.

Para o dirigente, também os bombeiros do norte têm sido prejudicados face às corporações de Lisboa e regiões limítrofes.

Fonte: Visão/Lusa