Fábrica de móveis destruída por incêndio em Castro Daire

0

Uma fábrica de móveis ficou totalmente destruída por um incêndio durante esta madrugada de sábado, em Lamas, Castro Daire.

incendio urbanoDe acordo com o Centro Distrital de Operações e Socorro ( CDOS) de Viseu, o fogo deflagrou pouco antes das duas da madrugada foi combatido por 52 homens, apoiados por 19 veículos.

O comandante dos bombeiros de Farejinhas , Rui Pinto, que liderou as operações no terreno disse ao JN que quando chegaram à fábrica, situada numa zona isolada, o edifício estava tomado pelas chamas. “Já não havia nada a fazer porque como havia muita madeira, diluentes e tintas, tornando o combate muito difícil”, explicou.

Os bombeiros tiveram de solicitar à Câmara de Castro Daire uma máquina de arrasto para removeram material combustível. Os trabalhos de rescaldo duraram até cerca das 8.30 horas da manhã.

As causas do incêndio estão a ser apuradas pelas GNR.

Fonte: jn.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.