Explosão mata trabalhador em pedreira de Ponte de Lima

0

Um trabalhador de 54 anos morreu, esta quarta-feira à tarde, na sequência da explosão de “um cartuxo de pólvora” numa pedreira de Estorãos, Ponte de Lima.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o acidente provocou ainda ferimentos ligeiros num outro trabalhador, de 36 anos.

A fonte do CDOS explicou que o acidente ocorreu quando os dois trabalhadores “se encontravam a furar uma pedra e um cartuxo de pólvora explodiu”, na pedreira Domingos, Arantes e Sousa.

Contatada pela Lusa, a PSP, que deslocou para o local uma equipa da Esquadra de Intervenção e Fiscalização de Armas e Explosivos, adiantou que aquele material explosivo estava a ser utilizado num trabalho que decorria na pedreira.

“Com a explosão, foram arremessadas pedras que atingiram os dois trabalhadores”, explicou o comandante Raul Curva.

Ao local compareceram ainda a GNR e a Autoridade para as Condições do Trabalho.

Fonte: jn.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.