Existe amor nos bombeiros? A história da Zeza e Ruben

0

Neste dia de São Valentim, o Portal Bombeiros.pt não podia ficar indiferente quando recebeu na sua redação um exemplo das muitas histórias de amor que existem por todas as corporações deste país.

A história de amor que partilhamos convosco chega-nos do distrito de Viseu, mais propriamente de Armamar, onde Zeza e Ruben se conheceram.

Zeza, atualmente bombeira de 1.ª, ingressou nos bombeiros de Armamar mo ano 2000.

“Ingressei nos bombeiros em 2000 e desde então a minha vida mudou”

Em 2004 surgiu uma nova paixão, Ruben, que desde logo percebeu que a paixão de Zeza pelos bombeiros era grande. Zeza impôs, então e desde cedo, uma condição no seu recente namoro: “Nunca me fazer escolher entre os bombeiros e ele… senão, dizia eu na altura, ficas a perder”.

Tendo Ruben respeitado a condição inicial do namoro, decidiram casar em 2005.

“Casei e continuei a minha paixão pelo voluntariado, por esta causa.”

Ruben, não podendo vencer a paixão de Zeza pelos bombeiros, decidiu também ele ingressar nos bombeiros em 2006, sendo atualmente bombeiro de 2.ª na mesma corporação.

“De início não estava muito entusiasmado, mas hoje é mais “maluco” do que eu”, diz Zeza.

Zeza e Ruben têm atualmente uma filha com 10 anos fruto desta história de amor. E confessa que não é fácil.

“Não é fácil conciliar as coisas. Até porque o meu trabalho é nos bombeiros. Quando o Rúben sai no verão para os incêndios, fico sempre preocupada, mais até do que quando saio eu. A minha filha… pede-me sempre para não ir. Às vezes vamos os dois, quando ela fica ou na escola ou com a avó. A preocupação é maior, porque, se algo acontece, estamos lá os dois… não é fácil. Mas… não troco a minha vida de bombeira por nada!”

Ficamos assim com o testemunho da Mónica e do Joaquim, aos quais o Portal Bombeiros.pt agradece a amável colaboração.




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.